Alumínio na construção civil

O alumínio continuará a ser um metal importante para o futuro, devido à sua resistência, leveza e potencial de reciclagem.

Você sabia que as edificações são responsáveis pelo consumo de aproximadamente 40 % da demanda de energia no mundo? Por isso, é fundamental criar sistemas de construção energeticamente eficientes, para enfrentar os desafios climáticos.

O alumínio pode ser empregado na construção de edifícios com baixa demanda de energia e, até mesmo, edifícios que produzem energia.

As fachadas de alumínio funcionam como proteção contra o sol, proporcionam sombra e produzem energia.

Edifícios de energia positiva

Ao se utilizar alumínio como material de construção, é possível construir edifícios inovadores que reduzem a demanda de energia, além de tornar a produção e recuperação de energia possíveis.

Edifício do Centro de Testes Wicona

O edifício acima produz mais energia do que consome. O edifício de demonstração da Hydro na cidade de Bellenberg, na Alemanha, produziu 108 MWh com seus painéis solares de abril de 2010 a julho de 2012, ao passo que o seu consumo durante o mesmo período foi de apenas 79 MWh.

Ilustração de um edifício com energia positiva em Brattørkaia na cidade de Trondheim na Noruega.

A Hydro é um dos parceiros do projeto Powerhouse. O projeto pretende construir um edifício de escritórios com energia positiva na cidade de Trondheim na Noruega, que se tornará o edifício com energia positiva mais ao norte do mundo!

Quando construímos com estruturas de alumínio, a necessidade de energia é alta, comparada com outros materiais. Contudo, o consumo de energia se torna pequeno, se comparado com a quantidade de energia que se pode poupar durante a vida útil da construção.

Além do mais, quase todo o alumínio utilizado em uma construção pode ser reutilizado no final da vida útil do mesmo.


Actualizado: outubro 11, 2016